Domingo. Sol. Calor. Nenhuma vontade de sair de casa. E lá fomos nós para o outro lado da cidade, atrás do que? Peixes, claro! E não só! Mas sim. Sobretudo, peixes.

E pela primeira vez, nosso pequenucho efectivamente admirou os peixes! Da última vez ele só se tinha interessado pelas luzes… 😛

Deixo aqui um pequeno registo fotográfico e desde já peço desculpas. A pouca iluminação não facilita o trabalho. Tão pouco ficam os bichos quietos… Arre! Ainda assim, gosto do resultado. Alta definição? Isso é para os fracos. (hunf!) Portanto, permito-me uma certa liberdade poética aqui… Que a textura do registo saiba a macio… Mas se for preciso, mintam! 😉 hehe

E se por acaso se perderem, não vos preocupeis! A barracuda sabe o caminho. Pelo menos para o elevador. Siga aquele peixe!

IMG_6935
Fresquinho!
IMG_6996
RocRocRoc…
IMG_7241
Heeeelooouuuh!?
IMG_7200
Então vou andando. Er… Nadando…
IMG_7377
Brilhando…? Muá?
IMG_7190
Oh… Really?
IMG_7413
Simetria. Quase.
IMG_7211
Estou só olhando, obrigado.

1As fotografias foram tiradas no Oceanário de Lisboa. O Oceanário é parada obrigatória para qualquer pessoa de visita a esta belíssima cidade. Também, para quem mora em Lisboa e arredores, tornar-se membro tráz muitas vantagens, como pode ser visto aqui. Após esta visita, decidimos, como família, aderir ao programa “membership” do Oceanário, o que significa que eu terei outras oportunidades para tentar tirar fotografias decentes… Será que eu consigo? Só o tempo dirá… Mas digo uma coisa: Retroceder nunca! Render-se Jamais! (Entendedores entenderão… rs)

2O único processamento realizado nestas fotografias foi o redimensionamento das mesmas.