A Margie escreveu no seu diário?




Quem é que encontrou um livro verdadeiro*?

Pat Metheny afirma que, enquanto ensinava na Berklee College of Music entre 1973 e 1974, um dos seus alunos de guitarra e um dos alunos de vibrafone de gary burton (ambos desejam permanecer anónimos) tiveram a ideia de reunir a antologia que viria a formar The Real Book.

O que é que o Diário da Margie 2* escreveu?





O registo do diário da Margie passa-se 143 anos e 11 meses antes do presente. 1. A Margie tem onze anos e o Tommy tem treze anos. 2.

Quem era a Sra. Jones*?

A Sra. Jones é a mãe da Margie. Ela espera que a Margie tenha sucesso nos estudos e fica desiludida quando a Margie tem dificuldades nas aulas de geografia.

Porque é que a Margie achou o livro estranho?

O livro era estranho para a Margie e o Tommy porque eles não tinham visto nenhum livro de papel desde que pertenciam a 22 gerações e ficaram surpreendidos por ver um livro verdadeiro. Tommy e Margie tinham telelibros e não tinham visto exemplares em papel. … Ao contrário do que acontecia em frente à televisão, o livro tinha páginas e palavras amareladas e amarrotadas.

Qual era a cor das páginas do livro que o Tommy encontrou?

(5) De que cor eram as páginas do livro que o Tommy encontrou? Resposta: – A cor das páginas do livro era amarela.



Porque é que as páginas dos livros eram amarelas?



As páginas do livro verdadeiro estavam amarelas e enrugadas porque era um livro antigo que existia há quase 100 anos, quando os livros foram impressos, apesar de terem sido guardados e mostrados no ecrã da televisão que o Tommy e a Maggie tinham.

O que é que o livro tem de tão engraçado?

Resposta: Como a Margie vivia numa época em que os alunos estudavam com um professor mecânico e todos os livros apareciam no ecrã, ela achava estranho que as palavras do livro impresso não se mexessem. Era divertido ver as mesmas palavras aparecerem nas páginas quando ela as folheava.