O Maquiavélico Plano do Dr. No

(Ou as aventuras de um pai, uma mãe, e um filho…)

Naquele sábado preguiçoso, os pais ainda tomavam o pequeno almoço, muito tranquilos, aproveitando o sol que entrava pelas janelas da sala.

O pequenote tinha desaparecido para o quarto fazia pouco tempo, e agora voltava, assim, de mansinho, com um enorme sorriso estampado no rosto, daqueles sorrisos malandros que já denunciam as intenções arteiras deste pequeno ser cheio de artimanhas.

Atrás das costas segurava o controle remoto da TV.

Quando chegou perto, disse, muito carinhoso e com aquele olhar de cachorro pidão:

— Ó paaaaaaaai, quero fazer uma partida.

O pai olha pra mãe sem entender, que devolve um olhar “não sei de nada, não me meta nisso”. Notando a confusão dos progenitores, o pequenote não esperou pela pergunta:

— Tira as pilhas, pai. Quero fazer uma partida pra vocês.

O pai e a mãe cairam na gargalhada.

Ainda enxugando as lágrimas, o pai tirou as pilhas, que o pequenote agarrou e correu para o quarto para esconder em sua caixa de brinquedos.

Ao voltar para a sala veio todo faceiro, muito contente com a partida que ia pregar aos pais quando estes tentassem usar o controle remoto da TV, pensando, certamente, na enorme surpresa que eles teriam…


1Baseado em fatos reais

2O aspecto mais delicioso da infância, para mim, é a ingenuidade…

3Por que do título? Sei lá… Gosto de James Bond. Tem um vilão chamado Dr. No, não tem? Acho que tem… Não? De qualquer maneira, esse “plano” me lembrou um vilão de James Bond, e se não tem um vilão chamado Dr. No, deveria haver! Nada mais ingênuo que um vilão de James Bond chamado Dr. No.

10 comentários em “O Maquiavélico Plano do Dr. No

  1. Ora ora, se não sou um apaixonado por estas ingenuidades baseadas em fatos reais meu querido amigo. Meu caçula está com 26 anos e ainda me lembro de todos os “planos maquiavélicos” deles… ahh se lembro! Posso imaginar a carinha do seu pequeno rsrsrsrs. Que Deus abençoe toda sua família… adorei o Dr. NO kkkkkkkkk. Grande abraço meu caro!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Bom dia, meu amigo! Crianças são a nossa verdadeira alegria, mesmo quando não são nossas! haha Estamos em sintonia, pois também eu sou um apaixonado por estas ingenuidades. Daí compartilhar aqui, numa tentativa, ainda que muito provavelmente fadada ao fracasso, de transformar o absolutamente efêmero em eterno. Obrigado pelo comentário e uma boa semana!
      P.S. O título foi a parte mais difícil de parir neste texto. lol

      Curtido por 1 pessoa

      1. Na realidade o título me lembrou de cara os gibis do Maurício de Souza. Os planos mirabolantes do Cebolinha e Cascão para pegar o coelhinho da Mônica kkkkkkkkkkkkk. Muito bom meu caro… boa semana!

        Curtido por 1 pessoa

  2. Estou certa que a curiosa imaginação do pai na procura de um titulo para o post teve continuidade na teatralização que certamente terá feito quando “distraidamente” pegou no controle remoto da TV e carregou, carregou… para que ele funcionasse.
    Ao lado, estaria certamente o pequenote a rir, feliz com a partida que fez!
    Não foi assim?…
    Maravilhosa ingenuidade!

    Curtido por 3 pessoas

    1. Foi exatamente assim, como não poderia deixar de ser 😉 Participar na ingenuidade e fazer a alegria de uma criança não tem preço… E elas tem tempo para aprender que nem tido é como sonhamos e desejamos… Beijinhos e boa semana!

      Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s